A MÚSICA JUDAICA ATRAVÉS DA HISTÓRIA

Desde o tempo do Rei Davi, o povo judeu sempre cantou. E é nesse cancioneiro, datado de tantos séculos, que encontramos os sentimentos dos judeus, nas canções que refletem o dia a dia de sua vida, produzido em diferentes momentos da História, em diferentes espaços e em diferentes condições políticas. A música representa a identidade de uma cultura e o reflexo sociopolítico de uma era. Hoje, o cantar não tem fronteiras, podendo levar sua mensagem para os mais diversos pontos do mundo, para os mais diferentes grupos humanos. É a música representando a memória do povo judeu.

O curso

AULA 1 | 5SET, 19h

● Antiguidade – música litúrgica
● Idade Média – cancioneiro ladino de Sefarad e suas influências no Mediterrâneo a partir de 1492 com a expulsão dos judeus da Península Ibérica.

AULA 2 | 12SET, 19h

● Chassidismo – Surge um novo estilo de vida judaica na Europa Oriental no século XVIII. A vida no shtetl, o nigun e o klezmer
● Haskalá– o Iluminismo Judaico
● O Nacionalismo na Europa e as consequências para as comunidades judaicas.
● No início do século XX, dificuldades com o advento do nazismo.

AULA 3 | 19SET, 19h

● Shoá – música produzida pelos judeus durante este período histórico, representando a resistência psicológica.
● A transição da Europa derrotada e a chegada a um novo lar.
● A criação do Estado de Israel.

Palestrantes

Fortuna

Cantora e compositora brasileira de origem judaica, tendo uma trajetória musical de mais de 30 anos, marcada por suas raízes judaicas e árabes, oriundas do Oriente Médio e dos judeus da Espanha e Portugal (Sefarad). Pesquisadora de músicas do mundo, Fortuna estabelece pontes entre sua música e diferentes religiões e culturas, recriando e ampliando este universo, propondo, através de sua arte, uma comunhão frente à diversidade cultural do mundo.

Silvia R. N. Lerner

Historiadora especializada em Estudos sobre Holocausto, com graduação em Direito, História e Pedagogia, Pós-graduada em História do Século XX, Mestre em Psicanálise, Cultura e Sociedade com o tema Arte e Música em Tempos de Intolerância. Tem vários artigos publicados e é autora dos livros Liberdade de Escolher como Morrer: Resistência Armada dos Judeus durante o Holocausto (Ed. Imprimatur, 2015), A Música como Memória de um Drama: o Holocausto (ed. Garamond, 2017) e Arte em Tempos de Intolerância: Theresienstadt (Ed. Rio Books, 2020), indicado ao Prêmio Jabuti-2021, em duas categorias e pela imprensa brasileira como “leitura indispensável no ano de 2021”.

INFORMAÇÕES e INSCRIÇÕES

E-mail: icjmc@hotmail.com
Fone: (51) 3019 4600
WhatsApp: (51) 98024 6532

Valores:
Sócios: R$ 200 | Não-sócios: R$ 250